Bitcoin (BTC)CriptomoedaNotíciaTesla - Elon Musk

Até 5% das companhias abertas seguirão as compras de ações de Bitcoin da Tesla, afirma o analista Wedbush

De acordo com Dan Ives da Wedbush Securities, o envolvimento da Tesla com o Bitcoin (BTC) causará um enorme impacto na adoção corporativa desse ativo digital.

Na segunda-feira, em entrevista à CNBC, o Ives informou que a aproximação da Tesla ao Bitcoin é “não só uma moda”, mas sim parte integrante de uma estratégia de longo prazo conduzida por uma tese de investimento e de negócios.

“Acho que a Tesla dobrará seu investimento na Bitcoin”, ele disse.

“Sem dúvidas isto é uma coisa que o Elon Musk e a Tesla […] irão até o fim por Bitcoins, porque não fazem isto simplesmente a partir do ponto de vista de investimentos, mas sim como algo transacional”.

Ives fazia referência à sua decisão recente de destinar US$ 1,5 bilhão à Bitcoin pela Tesla e começar a aceitação do ativo financeiro digital feito como um meio de pagamento. No momento da entrevista, a Tesla havia ganhado cerca de US$ 1 bilhão com o comércio de BTC em ganhos por meio de papel. “Isso é mais do que conseguiram com o lucro de todas as vendas de veículos elétricos em 2020”, afirma ele.

A Wedbush Securities entende que de 3% a 5% dos cotados em bolsa diminuirão a toca do coelho Bitcoin, pelos próximos 12 a 18 meses, apesar que a adoção dessas empresas ficarão limitadas somente a investimentos, segundo Ives. O limiar de 5% não será quebrado sem maior transparência jurídica em torno do BTC.

Os comentários de Ives sobre a Tesla refletem sua atual análise sobre o Bitcoin, na qual ele descreveu o recurso digital como uma parte de uma grande história de adotações. Bitcoin não é “uma moda em nossa maneira de ver, e sim o início de outra era na frente das moedas digitais”, ele disse.

top

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *